quinta-feira, 24 de março de 2016

Pilates auxilia no tratamento da asma



asma e pilates
Segundo a Organização Mundial de Saúde, cerca de 235 milhões de pessoas no mundo possuem asma e aproximadamente 10% da população brasileira sofre com o problema. A asma é uma doença inflamatória crônica das vias aéreas, causada por agentes irritantes que dificultam a respiração. Ela pode se apresentar em qualquer idade, mas é mais comum os primeiros sintomas surgirem na infância.
Cada asmático apresenta uma sensibilidade diferente. Por isso, é importante observar quando acontecem os ataques de asma para evitar certos tipos de agentes e buscar tratamentos adequados. Porém, no geral, as pessoas com asma sofrem crises quando expostas a alguma substância transportada pelo ar, como ácaros e poeira, poluição, pólen, mofo, pelos de animais e fumaça de cigarro. Substâncias químicas como tinta e produtos de limpeza e também alguns alimentos e mudanças bruscas na temperatura podem desencadear uma crise.
Mas como o pilates pode ajudar no tratamento da asma? Joseph Pilates, o idealizador do método pilates, sofreu durante sua infância com doenças como raquitismo, asma e febre reumática. Acredita-se que essas dificuldades o motivou a dedicar-se as atividades esportivas na adolescência e posteriormente a desenvolver seu próprio treino.
Joseph estudou conceitos de medicina e acreditava que a respiração é a chave para desenvolver o corpo e a mente. Ele ainda achava “deplorável contemplar milhões que nunca aprenderam a dominar a arte de respirar corretamente”.
Assim, o programa ideal de atividades físicas para quem possui asma baseia-se em reeducação respiratória, postural e condicionamento físico. No primeiro caso há o trabalho de desbloqueio torácico, com o objetivo de aumentar a mobilidade costovertebral, juntamente com exercícios respiratórios. Este conjunto de atividades auxilia também no controle da ansiedade.
A má postura interfere diretamente na mecânica respiratória. Por isso, se faz necessário trabalhar a consciência postural nos asmáticos com exercícios de alongamento e fortalecimento de grupos musculares responsáveis pela manutenção da postura. Já o condicionamento físico, a partir deste treino específico, irá melhorar a disposição cardiorrespiratória do paciente.



www.fisiobeautypilates.com.br

Por que é importante se alongar?



alongamento pilates
A maior parte das pessoas sabe que precisam se alongar antes e depois de alguma atividade física. Mas você compreende por que é importante se alongar e quais os benefícios destes movimentos?
Os exercícios de alongamento têm como objetivo melhorar a flexibilidade, promovendo o estiramento das fibras musculares. Assim, o alongamento “aquece” os músculos antes e elimina a tensão deles depois da atividade física.
Qualquer pessoa pode fazer exercícios de alongamento e, o melhor, em qualquer lugar. O ideal é começar e terminar o dia se alongando, para preparar o corpo para as atividades diárias e aliviar as tensões musculares. Além disso, durante o dia, é recomendado fazer algum tipo de alongamento para relaxar os músculos, principalmente, se você fica muito tempo sentado ou em pé.
Vale ressaltar que a flexibilidade vai variar de pessoa para pessoa, uma vez que ela está relacionada com a estrutura das articulações, flacidez dos tecidos e a composição genética. Os genes determinam o comprimento dos músculos, porém, eles podem ficar encurtados, caso a pessoa não tenha uma rotina de alongamentos e atividades físicas.
Os sedentários, quando iniciam alguma atividade física, costumam achar os movimentos de alongamento difíceis e sentir dores. Mas não se preocupe, isso é normal, já que o corpo não está habituado a se alongar e o músculo pode estar encurtado. Com o tempo e com a prática regular, esses sintomas passam e a pessoa sentirá prazer e alegria ao ver o quanto o seu corpo pode ser mais flexível.
Além disso, entre os benefícios proporcionados pelos movimentos de alongamento estão: redução de tensões musculares, maior consciência corporal, melhora da circulação e prevenção de lesões.
Para se alongar, basta iniciar o movimento até sentir certa tensão no músculo e então relaxe um pouco por 30 á 40 segundos, voltando novamente à posição inicial. Os movimentos devem ser sempre lentos e suaves, observando a respiração e a postura.



www.fisiobeautypilates.com.br

Fisioterapia na Dor Lombar

No Brasil, a lombalgia (dor lombar por diversos fatores e patologias) com ou sem irradiação (a tão famosa dor ciática) é uma das queixas dolorosas mais freqüentes na prática clínica e constitui uma das maiores causas de afastamento do trabalho.
Trabalhadores de várias classes apresentam altos índices de dor na coluna vertebral relacionados à ocupação laboral, e este é um sintoma que interfere na realização das atividades diárias, causando desde limitação de movimentos até invalidez temporária, dependendo da intensidade da patologia.
A ocorrência de lombalgia está relacionada ao perfil do exercício profissional exercido, principalmente naquelas que exigem grandes demandas físicas, sustentação de carga e alta repetição no gesto laboral.

As posturas, sentado, em pé e em pé com esforço físico, apresentam exacerbação da queixa de dor, que frequência e é atribuída a tensão e fadiga da musculatura lombar desencadeada por posturas inadequadas e mantidas por longos períodos.
De acordo com a literatura os trabalhadores com dor lombar que procuraram tratamento para o alívio 
dos sintomas e, dentre os que optam pelo tratamento fisioterapêutico ( o que inclui tratamento e manutenção do mesmo), 100% destes obtêm resultados satisfatórios ( com excessão de patologias graves).

Os trabalhadores, inclusive os profissionais de Saúde, quando 
sentem algum desconforto musculoesquelético não procuram 
tratamento especializado logo no início da manifestação dos sintomas, favorecendo, assim, a evolução dos problemas.

A fisioterapia é de suma importância na intervenção e tratamento, agindo na causa da lombalgia, proporcionando alívio da dor, estabilização corporal, por meio de recursos que reduzem a contratura muscular, melhoram o trofismo e aumentam a flexibilidade e o relaxamento global, melhorando a postura e possibilitando, com isso, melhora do bem-estar e qualidade de vida dos pacientes.



www.fisiobeautypilates.com.br

Quanto tempo para conseguir resultados com o Pilates?


pilates com bola
Estamos vivendo em um mundo tão imediatista que buscamos resultados rápidos em tudo que fazemos, não é mesmo? Não é à toa que quando começamos uma atividade física, os nossos primeiros questionamentos são: “quanto tempo vai demorar para eu emagrecer?” ou “quando vou parar de sentir dor?” e, ainda, “quando vou fazer exercícios mais avançados?”.
A ansiedade nos consome e, se não vemos resultados em um curto período, tendemos a desanimar. Mas, calma! Temos que ter em mente que o pilates é um método que foca na qualidade do exercício, saúde e bem-estar do praticante. Por isso, mesmo que você sinta algumas melhoras nas primeiras aulas, a maior parte dos resultados só será percebida no médio e longo prazo.
Frequentando as aulas assiduamente, fazendo os exercícios com dedicação e concentração, após um tempo de prática, você terá diversos benefícios, como alivio de dores, tônus muscular, maior flexibilidade, equilíbrio e consciência corporal, melhora da postura, entre outros.
Como disse Joseph Pilates “com 10 sessões você perceberá a diferença, com 20 sessões os outros irão perceber a diferença e com 30 sessões você terá um novo corpo”. Praticando pilates duas vezes por semana, a maior parte dos alunos começa a ter bons resultados depois de um mês e meio de atividade.
Além disso, o ideal é conciliar a prática do pilates com uma alimentação balanceada e atividades aeróbicas, como corrida, principalmente, quem tem como foco a perda de peso.




www.fisiobeautypilates.com.br

Os benefícios da Drenagem Linfática



drenagem linfática
Você já deve ter ouvido falar em drenagem linfática, mas realmente entende os benefícios dessa massagem? Essa técnica tem o objetivo de estimular o sistema linfático, ajudando-o a eliminar o excesso de líquidos e toxinas do organismo.
Entre os principais benefícios da drenagem linfática estão: redução da retenção de líquido, ativação da circulação sanguínea, combate à celulite, combate a gordura localizada e relaxamento corporal.
A drenagem linfática pode ser realizada com aparelhos próprios ou com as mãos, em movimentos leves, pressão em bracelete e seguindo o trajeto dos vasos linfáticos, no sentido do gânglio linfático. Além disso, para ter melhores resultados, é importante fazer drenagem linfática com frequência.
Essa técnica é contraindicada para pessoas com infecção, pois as células infecciosas podem se espalhar mais facilmente pelo corpo, e pacientes com risco vascular, como insuficiência cardíaca, trombose e hipertensão.




www.fisiobeautypilates.com.br

Os benefícios do pilates na terceira idade



pilates na terceira idade
Quem não quer envelhecer com saúde e disposição, não é mesmo? Contudo, nem sempre fazemos o necessário para alcançar este objetivo e, de repente, a velhice chega. Mas não se preocupe, nem tudo está perdido.
Os exercícios de pilates são os mais indicados para quem está na terceira idade, pois eles respeitam as limitações do corpo e auxiliam em diversos aspectos desta fase da vida.
Porém, antes de começar as aulas, é importante fazer uma avaliação para identificar as dificuldades físicas e a presença de dores. Somente assim, poderá ser feito um programa personalizado que evitará lesões e garantirá bons resultados.
As principais queixas dos idosos são as dores lombares e a perda muscular e do equilíbrio. O pilates trabalha o fortalecimento, a flexibilidade dos músculos e a mobilidade das articulações, trazendo alívio e evitando futuras dores. Além disso, os movimentos do pilates trabalham a consciência corporal, para evitar quedas e suas consequências.
Outro benefício que não podemos esquecer é a melhora postural. Um estudo, publicado na revista médica “Spine”, relatou que um grupo de adultos com mais de 60 anos de idade, que estiveram envolvidas em um programa de Pilates por dez semanas, obteve uma melhora substancial da postura.
Somado a tudo isso está a melhora da auto-estima e do bem-estar que também são essenciais para a qualidade de vida tão sonhada e buscada na terceira idade.




www.fisiobeautypilates.com.br

Os benefícios da massagem para a saúde


Todo mundo gosta de receber uma boa massagem, não é mesmo? Mas você sabia que a massagem pode auxiliar em alguns tratamentos de saúde? Isso mesmo! Quando ela respeita o perfil e a condição do paciente e é realizada por um profissional qualificado, a massagem terapêutica pode potencializar os resultados dos tratamentos convencionais.
A massagem pode ter manobras suaves ou demandar grande pressão. No geral, o objetivo da massagem é ajudar músculos, tendões e ligamentos a relaxar. Mas ela vai muito além disso! Confira quais são os benefícios da massagem para a saúde:

1- Estresse e depressão

Você é uma pessoa ansiosa? Está estressado ou foi diagnosticado com depressão? Sessões de massagem podem auxiliar a amenizar esses sintomas, já que durante a massagem há o aumento da dopamina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer.

2- Insônia

As massagens mais suaves, que utilizam óleos aromáticos e outros itens que estimulam os sentidos, proporcionam conforto e descanso. Isto auxilia a aliviar pontos de tensão muscular, melhorando a condição do sono.

3- Circulação e inchaço

Nestes casos, é recomendada a massagem denominada “drenagem linfática”, que ajuda na ativação da circulação sanguínea, redução da retenção de líquido e combate à celulite.
Os movimentos deste tipo de massagem aumentam a circulação sanguínea e linfática, proporcionando a vasodilatação e a redução do inchaço na região massageada.

4- Dores no corpo

Se você possui algum tipo de dor, como de cabeça, nas costas, muscular, o ideal é procurar um médico antes do massagista para diagnosticar a causa da dor. Após isso, a massagem pode ser recomendada como tratamento auxiliar.
Para as costas, por exemplo, a massagem só é indicada quando a origem é mecânica e inespecífica, ou seja, quando os exames não conseguem localizar a causa, o que se aplica a maior parte das lombalgias.



www.fisiobeautypilates.com.br