sexta-feira, 5 de agosto de 2016

PILATES X FIBROMIALGIA




A fibromialgia é uma doença que se apresenta com forte dor crônica que migra pelo corpo. É difícil diagnosticar, já que é muito confundida com tendinite, lesões do sistema músculo-esquelético ou até mesmo má postura.

Geralmente, ela aparece em nove pontos do corpo bilateralmente (músculo trapézio, músculo supraespinhal, epicondilo lateral, glúteo, trocanter, joelho, articulação condrocostal, cervical e suboccipital). Provoca também fadiga e alterações do sono e acomete mais as mulheres de 30 a 50 anos.

A fibromialgia está relacionada ao funcionamento do sistema nervoso central e ao mecanismo de supressão de dor. Causa uma quebra do equilíbrio do corpo.

O tratamento da fibromialgia envolve fisioterapia para aliviar as dores, técnicas de relaxamento para diminuir o estresse, como massagem e acupuntura, e exercícios físicos. Se isso não funcionar, inicia-se tratamento medicamentoso com analgésicos, relaxantes musculares e até mesmo antidepressivos.

Os sintomas variam de acordo com o estresse emocional e a quantidade de atividade física. Este último é muito importante nesse caso. Durante a atividade física ocorre uma liberação de endorfina, um analgésico natural que reduz o estresse, a ansiedade e alivia as tensões.

O Pilates vem sendo muito indicado pelos médicos por ser uma atividade física de baixo impacto, que trabalha muito o alongamento, a isometria muscular e a amplitude dos movimentos. Ao ser monitorado, as pessoas vão perdendo o medo de se movimentar e relaxando durante a execução dos exercícios.

Fonte: Revista Pilates em Evidência

Agende já uma sessão pelo telefone ou what's up 81818384.
Atendimentos personalizados com fisioterapeuta.
Realizamos avaliação postural de todos nossos alunos, trabalho direcionado para as suas necessidades e objetivos, experimente!